MODELO PARA AVALIAÇÃO DA MATURIDADE DE FABRICAÇÃO APLICADA À INDÚSTRIA ESPACIAL BRASILEIRA

Marcílio Antônio Fernandes de Andrade, Antônio Ramalho de Souza Carvalho, Francisco Cristovão Lourenço de Melo

Resumo


A indústria espacial é caracterizada por fabricar produtos intensivos em capital e que operam em ambiente agressivo. Por esse motivo é fundamental que a estrutura de fabricação garanta a confiabilidade dos produtos espaciais e que o processo de industrialização seja bem conduzido, antecipando questões relativas à fabricação ainda na etapa de desenvolvimento do produto, auxiliando na redução dos tempos e dos custos relacionados aos programas espaciais. Identificou-se que não existe um modelo para avaliação da maturidade de fabricação aplicado à realidade da indústria espacial brasileira de forma a tornar mais eficaz o processo de industrialização de um dado produto espacial. Dentro deste contexto, o objetivo do trabalho é validar a adaptação de um modelo para avaliação do nível de maturidade de fabricação aplicado à realidade da indústria espacial brasileira. Utilizou-se como ponto de partida o modelo desenvolvido pelo Departamento de Defesa norte americano denominado MRL (manufacturing readiness level), ou nível de maturidade de fabricação. A validação do modelo adaptado deu-se na aplicação da metodologia em duas organizações da indústria espacial brasileira na fabricação do veículo espacial VSB-30. O resultado mostrou que ambas organizações alcançaram nível 4 de maturidade de fabricação, abaixo do nível 9 desejado. Tal situação explicitou riscos que, caso não tratados, podem impactar negativamente o processo de industrialização do veículo. A efetividade do modelo adaptado foi confirmada pelo alcance do objetivo de forma satisfatória.

Palavras-chave


Gestão Tecnológica, Maturidade de Fabricação, Maturidade Tecnológica, MRL, Gestão de Riscos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






ISSN 1809-239X